Coenzima Q10 – O que é e para que serve?

Coenzima Q10 – O que é?

A Coenzima Q10 também conhecida como CoQ10, vitamina Q10, bidecarenona ou ubiquinona é uma substância lipossolúvel com atividade antioxidante e  estrutura semelhante a uma vitamina.

Ela pode ser obtida de duas formas: por via endógena, no qual o nosso organismo tem a capacidade de produzi-la, ou por via exógena através da ingestão de alimentos.

É encontrada em maior concentração nos alimentos como frango, carne bovina e suína, cavala, sardinha, nozes, grão de soja (seco ou cru verde), pistache, brócolis, espinafre, óleos de soja, gergelim, milho e algodão e feijão azuki.

Você já deve ter reparado que esse nome tem aparecido em muitas propagandas, principalmente de produtos de beleza e nutricosméticos, não é mesmo? Pois é. A vitamina Q10 está ficando cada vez mais famosa.

Ela é ligada à energia metabólica do nosso organismo. Em nosso corpo, os órgãos que apresentam maior concentração de coenzima Q10 são o coração, rins, cérebro e fígado.

Coenzima Q10 – Para que serve?

A Coenzima Q10 tem sido alvo de vários estudos para investigar os seus efeitos benéficos terapêuticos na saúde, na doença e no processo de envelhecimento.

Sua principal atividade é dentro das mitocôndrias, que são organelas celulares que produzem energia. Por isso, dela depende toda a energia necessária para as células funcionarem adequadamente.

A Coenzima Q10 tem uma potente atividade antioxidante que combate os radicais livres. Ela é essencial para o funcionamento do coração, auxilia na regulação da pressão arterial, está envolvida na regulação do crescimento e diferenciação celular, exerce efeito protetor no cérebro por aumentar a sua oxigenação, atua na regeneração muscular, protege o DNA e a pele.

Quais são os sintomas da deficiência de vitamina Q10?

Mesmo sendo produzida pelo nosso organismo, após os 30, 40 anos, é comum apresentarmos deficiência de Coenzima Q10. Além disso, outros fatores como a genética e doenças cardiovasculares – principalmente em pessoas que tomam remédio para colesterol (estatina) – podem ocasionar deficiência de coenzima Q10.

Coenzima Q10

Vale ressaltar que a Coenzima Q10 obtida por meio dos alimentos não é suficiente para suprir as necessidades do nosso organismo, uma vez que apenas 10% dela é absorvida, por isso é interessante apostar na suplementação de Coenzima Q10.

Dentre os sintomas envolvidos com a deficiência de coenzima Q10, pode-se citar retardo mental, escoliose (encurvamento anormal da coluna vertebral), fraqueza muscular, convulsões, oftalmoplegia (paralisia dos músculos dos olhos) e até mesmo outros problemas mais graves.

Benefícios da Coenzima Q10 no organismo

Como todas as atividades celulares dependem de energia, a Coenzima Q10 é essencial para a saúde de todos os órgãos e tecidos. Além disso, o seu papel como uma importante substância antioxidante, faz jus a sua boa fama.

A mitocôndria é onde a maioria dos radicais livres é produzido na célula. A Coenzima Q10 se deposita na membrana interna da mitocôndria e sequestra os radicais livres que são gerados dentro da mitocôndria. Isso quer dizer que a Coenzima Q10 neutraliza as espécies reativas de oxigênio (radicais livres), que antes causavam danos celulares, possibilitando que eles sejam convertidos em compostos não tóxicos para a célula.

O acúmulo de radicais livres nos tecidos pode resultar em disfunção e morte celular. A morte celular excessiva é uma característica de muitos distúrbios neurológicos, incluindo acidente vascular cerebral, isquemia, doenças de Parkinson e Alzheimer.

Sendo assim, os antioxidantes são importantes para manter as atividades normais das células e sistemas do corpo. A Coenzima Q10 não atingiu o topo das vitaminas mais queridas e procuradas à toa. Veja mais alguns benefícios importantes:

– Pode contribuir na melhora da performance esportiva, devido à produção de energia e vasodilatação, já que melhora o transporte de oxigênio e nutrientes para o corpo, inclusive para o músculo;

– Regulação do crescimento e diferenciação celular;

– Aumento da disponibilidade do óxido nítrico, contribuindo na disfunção endotelial;

– Tem efeito anti-inflamatório;

– Tem ação antioxidante;

– Melhora o aspecto da pele, já que ameniza a flacideze as rugas – que vamos combinar, ninguém quer ter – pelo menos não tão cedo;

– Auxilia no tratamento e prevenção de doenças cardiovasculares, além de proteger o coração durante cirurgias cardíacas;

A Coenzima Q10 tem benefícios para a pele?

Apesar de ser um processo natural, fatores como a ação de radicais livres promovem o aceleramento do envelhecimento dos tecidos e dentre eles o que fica mais evidente é a pele.

A Coenzima Q10 reforça a barreira de defesa contra os danos celulares causados pela ação dos radicais livres, com isso, permitindo o desaceleramento do processo de envelhecimento cutâneo e isso pode ser traduzido na melhora do aspecto da pele.

Além de reforçar a proteção natural da pele com seu poder antioxidante neutralizando as espécies reativas de oxigênio, a Coenzima Q10, auxilia no aumento da proliferação dos fibroblastos presentes na derme. Os fibroblastos estão envolvidos na produção de colágeno e elastina, duas importantes proteínas estruturais da pele.

Por que é tão importante suplementar a Coenzima Q10?

A deficiência de Coenzima Q10 pode ocorrer por conta da baixa ingestão ou produção inadequada causada pelo envelhecimento ou pela deficiência dos nutrientes necessários para sua síntese.

Estima-se que a dose de Coenzima Q10 oferecida por meio da alimentação não seja suficiente para suprir as necessidades do organismo, já que apenas 10% é absorvida.

A ingestão diária de fontes ricas de Coenzima Q10 (carnes, aves e peixes) fornecem em torno de 2 a 20 mg, o que não aumenta significativamente os níveis de CoQ10 no sangue e nos tecidos.

Portanto a suplementação pode ser muito útil e a recomendação pode variar de pessoa para pessoa.

Coenzima Q10 Nutriwave

Coenzima Q10 e seus benefícios

Os benefícios que o suplemento pode oferecer são diversos, pois ele pode auxiliar na regeneração de vitamina C e E, e também é utilizado para auxiliar na prevenção de doenças como Alzheimer e Parkinson, pois oferece proteção às mitocôndrias. A Coenzima q10 é apontada como um diferencial utilizado no tratamento de fibromialgia e em muitas outras finalidades de uso; veja abaixo:

Insuficiência Cardíaca

A produção de coenzima q10 (CoQ10) não é tão satisfatória para pessoas de 30 anos ou mais; sendo assim, é indicado o acompanhamento de algum médico para reconhecer se há a necessidade de uma suplementação ou não.

A reposição desse nutriente pode contribuir positivamente para manter os batimentos cardíacos em frequência benéfica. A Coenzima q10 pode oferecer mais segurança ao seu sistema cardiovascular.

Coenzima Q10 e o Colesterol

É dito que o consumo de Coenzima q10 pode contribuir para a redução das taxas de colesterol ruim, o LDL.

CoQ10 e a relação com o Câncer

Alguns estudos realizados em 1961 levantaram indícios de que pessoas com cancros na mama, no pulmão, pâncreas, rim, cólon, linfoma e mieloma múltiplo possuíam quantidades inferiores de coenzima q10 (CoQ10) na corrente sanguínea.

A suplementação coenzima q10 pode regular os níveis de doxorrubicina, uma droga que age como antitumor. Pesquisas foram realizadas com mulheres com câncer de mama, e a maioria delas obteve sucesso com o tratamento com a Coenzima q10, mas o Instituto Nacional do Câncer reconhece que o tratamento não foi bem sucedido apenas pela medicação extra.

Sistema imunológico

A capacidade do nosso corpo de se proteger pode ser beneficiada a partir do consumo desse suplemento, pois ele contribui com ação antioxidante, o que reduz a possibilidade de envelhecimento de nossas células ao ajudar a neutralização das moléculas prejudiciais – os famosos radicais livres – o que dá uma proteção mais segura para nosso sistema imunológico.

Coenzima Q10 é uma fonte energética

Afirma-se que, com o consumo regular de Coenzima q10, você pode contar com uma melhora no seu condicionamento físico para a realização de seus exercícios devido à ação como catalisador, o que proporciona uma melhor vasodilatação, assim garantindo um melhor transporte de oxigênio e substâncias pelo corpo.

É dito que esse suplemento pode agir diretamente na energia celular, e assim se tornar uma das fontes principais de energia. Através dessa melhora, consequentemente é notável a melhora no rendimento das atividades, e é possível notar benefícios também na taxa metabólica, o que estende os indícios a uma queima de calorias mais eficiente e muito benéfica para aqueles que desejam controlar o seu peso.

Fadiga muscular e a CoQ10

Treinos de longa duração e de alta intensidade podem oferecer fadigas musculares que podem demonstrar uma certa dificuldade para recuperação. É dito que a Coenzima q10 é eficiente nesse quesito também. Ela pode ser ingerida após os treinos de alta intensidade, sendo utilizada como apoio para a melhor recuperação muscular de praticantes de esportes.

Ubiquinona como Antioxidante

Esse efeito pode beneficiar não só o funcionamento de seu organismo, mas a beleza de sua pele e cabelos. A ação antioxidante pode favorecer à redução das marcas de expressão, rugas e até flacidez, além de oferecer efeito anti-inflamatório.

Efeitos colaterais

É importante que sejam avaliadas as características pessoais de cada um. O consumo de coenzima q10 (CoQ10) pode reduzir os níveis de açúcar na corrente sanguínea e ainda ocasionar desconfortos abdominais e dores no estômago. Diabéticos devem buscar uma avaliação médica antes de iniciar o consumo do suplemento.

Tomar mais que 100 mg de Coenzima q10 por dia pode ocasionar insônia leve. Dosagens excessivas, como 300 mg por dia e por um longo período, podem resultar em níveis elevados de enzimas no fígado e toxidade hepática.

Coenzima Q10 e suas Contra indicações

Se você possui insuficiência cardíaca ou qualquer desequilíbrio de frequência de batimentos, é fundamental que busque uma avaliação médica antes de iniciar o consumo de coenzima q10. Os estudos sobre os efeitos da medicação ainda não foram completamente comprovados, mas é importante que reconheça os riscos e evite qualquer sintoma mais grave.

Como tomar CoQ10 com segurança?

Cada fabricante oferece uma recomendação para dosagens de consumo e sua melhor forma de como tomar a Coenzima q10, mas é indispensável que você busque uma orientação médica para consumo desse suplemento.

Você pode comprar Coenzima Q10 na loja Nutriblue Oficial, clicando aqui

Tabela Nutricional da Coenzima Q10 Nutriwave

Tabela Nutricional Coenzima Q10 Nutriwave

O que estão falando sobre esse assunto:
Data:
A Coenzima Q10 é essencial para quem busca acelerar o metabolismo. Além disso ela é importante para auxiliar na prevenção de doenças como Alzheimer e Parkinson, pois oferece proteção às mitocôndrias, além do seu importante efeito antioxidante.
Nota:
51star1star1star1star1star

Um comentário sobre “Coenzima Q10 – O que é e para que serve?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *